Normal view MARC view ISBD view

Estudos sobre tamanho de parcela para experimentos de melhoramento de café

by Arruda, H.V. de; Monaco, L.C.
Publisher: 1977Subject(s): COFFEA | FITOMEJORAMIENTO | DISEÑO DE EXPERIMENTOS | TAMAÑO DE LA PARCELA | BRASIL | COFFEA | PLANT BREEDING | BRAZIL | COFFEA | AMELIORATION DES PLANTES | BRESIL In: Turrialba (IICA) v. 27(2) p. 187-192Summary: No presente trabalho é apresentada uma pesquisa visando determinar o tamanho ideal da parcela para experimento sobre seleçao de café. Foram utilizados os dados de produçao de experimento com 25 linhagens e progénies de cafeeiros instalados segundo um delineamento em "lattice" balanceado com 6 repetiçoes de seis anos sucesivos. No presente estudo foi utilizao o modelo em blocos ao acaso, com 4 sub-unidades por parcela, que se referem aos cafeeiros que a constitue. Foram utilizaos tres métodos: a) através da fórmula de Harris et al., que pesquisou a eficiencia em funçao da magnitude da diferença detectável ao nível de 5 por cento cm 80 por cento dos experimentos realizados; b) através da teoria dos componentes de variaçao; c) através da fórmula de Smith baseada no valor de b, que é uma funçao de heterogeneidad do solo. Para qualquer número de variedades a serem testadas, considerando-se a área experimental fixa, a parcela com um cafeeiro é a mais eficiente. O uso de parcelas unitarias torna-se mais eficiente a medida que cresce o número de variedades. Todavía, levando-se em conta os custos da conduçao do experimento, a parcela com dos cafeeiros seria a recomendada, admitiendo-se serem iguais os custos proporcionais a área da parcela e ao número de tratamentos.
    average rating: 0.0 (0 votes)
No physical items for this record

++ Dat.num. 12 ref. Sum. (En,Pt)

No presente trabalho é apresentada uma pesquisa visando determinar o tamanho ideal da parcela para experimento sobre seleçao de café. Foram utilizados os dados de produçao de experimento com 25 linhagens e progénies de cafeeiros instalados segundo um delineamento em "lattice" balanceado com 6 repetiçoes de seis anos sucesivos. No presente estudo foi utilizao o modelo em blocos ao acaso, com 4 sub-unidades por parcela, que se referem aos cafeeiros que a constitue. Foram utilizaos tres métodos: a) através da fórmula de Harris et al., que pesquisou a eficiencia em funçao da magnitude da diferença detectável ao nível de 5 por cento cm 80 por cento dos experimentos realizados; b) através da teoria dos componentes de variaçao; c) através da fórmula de Smith baseada no valor de b, que é uma funçao de heterogeneidad do solo. Para qualquer número de variedades a serem testadas, considerando-se a área experimental fixa, a parcela com um cafeeiro é a mais eficiente. O uso de parcelas unitarias torna-se mais eficiente a medida que cresce o número de variedades. Todavía, levando-se em conta os custos da conduçao do experimento, a parcela com dos cafeeiros seria a recomendada, admitiendo-se serem iguais os custos proporcionais a área da parcela e ao número de tratamentos.

Click on an image to view it in the image viewer