Normal view MARC view ISBD view

Efeito do condicionamento da semente, na precocidade e no desenvolvimento de mudas do cafeeiro

by Carvalho, M.M. de; Carvalho, J.G. de; Duarte, C. de S; Gomide, M.B; Lemos, O.V; Tourino, D.
Publisher: 1977Subject(s): SEMILLAS | VIABILIDAD DE LA SEMILLA | MADURACION | PRECOCIDAD | PLANTULAS | ACIDO GIBERELICO | GERMINACION | ETAPAS DE DESARROLLO DE LA PLANTA | SEED | SEED VIABILITY | MATURATION | PRECOCITY | SEEDLINGS | GIBBERELLIC ACID | GERMINATION | PLANT DEVELOPMENTAL STAGES | SEMENCE | VIABILITE DES SEMENCES | MATURATION | PRECOCITE | PLANTULE | ACIDE GIBBERELLIQUE | GERMINATION | STADE DE DEVELOPPEMENT VEGETAL In: Ciencia e Prática (Brasil) v. 1(2) p. 183-195Summary: Em trabalho realizado na Escola Superior de Agricultura de Lavras, Minas Gerais, as sementes de cafeeiro foram condicionadas antes da semeadura, com o objetivo de avaliar a precocidade e o desenvolvimento das mudas delas originadas. Essas condiçoes foram expressas pela presença e ausencia do pergaminho, pelo tratamento em ambos os casos com soluçao de Giberalina (0.1, 0.2, 0.3, 0.4 gr/litro de água), e pelas testemunhas com água pura e a seco. Os resultados indicaram o efeito positivo da retirada do pergaminho, no período de germinaçao, na iniciaçao e área foliar, na altura das plantas, no número de pares de folha, e no peso seco e verde da parte aérea. Nao houve efeito no diametro do tronco e no peso verde e seco do sistema radicular. A testemunha com água pura teve retardada a germinaçao e o aparecimento das folhas cotiledonares com relaçao a testemunha a seco
    average rating: 0.0 (0 votes)
No physical items for this record

++ Dat. num. 13 ref. Sum. (En, Pt)

Em trabalho realizado na Escola Superior de Agricultura de Lavras, Minas Gerais, as sementes de cafeeiro foram condicionadas antes da semeadura, com o objetivo de avaliar a precocidade e o desenvolvimento das mudas delas originadas. Essas condiçoes foram expressas pela presença e ausencia do pergaminho, pelo tratamento em ambos os casos com soluçao de Giberalina (0.1, 0.2, 0.3, 0.4 gr/litro de água), e pelas testemunhas com água pura e a seco. Os resultados indicaram o efeito positivo da retirada do pergaminho, no período de germinaçao, na iniciaçao e área foliar, na altura das plantas, no número de pares de folha, e no peso seco e verde da parte aérea. Nao houve efeito no diametro do tronco e no peso verde e seco do sistema radicular. A testemunha com água pura teve retardada a germinaçao e o aparecimento das folhas cotiledonares com relaçao a testemunha a seco

Click on an image to view it in the image viewer