Normal view MARC view ISBD view

Crescimento de mudas de café (Coffea arabica L. var. Bourbon) sob diferentes níveis de luz

by Maestri, M; Gomes, F.R.
Publisher: Jul-Dic 1961Subject(s): COFFEA ARABICA | REGIMENES DE LUZ | ETAPAS DE DESARROLLO DE LA PLANTA | BRASIL | HOJAS | SISTEMA RADICAL | BOURBON | AREA FOLIAR | COFFEA ARABICA | LIGHT REGIMES | PLANT DEVELOPMENTAL STAGES | BRAZIL | LEAVES | COFFEA ARABICA | REGIME LUMINEUX | STADE DE DEVELOPPEMENT VEGETAL | BRESIL | FEUILLE In: Revista Ceres (Brasil) v. 11(65) p. 265-271Summary: Mudas de café da variedade bourbon, transplantadas no estádio de "orelha de onça" (folhas cotiledonares abertas), e cultivadas em vasos de palha de sapé, sob quatro níveis de luz, ou seja 100 por cento (pleno sol), 75, 50 e 25 por cento, estes últimos conseguidos por meio de ripados, deram os seguintes resultados aos 14 dias após o transplante: 1) O peso seco médio, a área foliar média e o número médio de folhas por planta aumentou com a diminuiçao do nível de luz até 50 por cento, reduzindo-se, todavia, quando o nível de luz baixou para 25 por cento. Os piores resultados foram obtidos ao sol direto. 2) A área média das folhas cresceu com a diminuiçao do nível de luz, o mesmo ocorrendo com a razao da área foliar para o peso foliar. 3) A razao de área foliar (razao da área das folhas para o peso seco total da planta) aumentou a medida que o nível de luz decresceu. A razao de peso foliar (razao do peso seco das folhas para o peso seco total da planta) variou inconsistentemente com os diversos níveis de iluminaçao. 4) A razao da parte aérea para o sistema radicular nao foi influenciada pelos níveis de luz. 5) O melhor crescimento de mudas até cinco meses de idade, medido pelo aumento de peso seco total, área foliar total e número de folhas, deu-se sob o nível de luz de 50 por cento, correspondente a "meia-sombra"
    average rating: 0.0 (0 votes)
No physical items for this record

++ 12 ref. Sum. (En, Pt)

Mudas de café da variedade bourbon, transplantadas no estádio de "orelha de onça" (folhas cotiledonares abertas), e cultivadas em vasos de palha de sapé, sob quatro níveis de luz, ou seja 100 por cento (pleno sol), 75, 50 e 25 por cento, estes últimos conseguidos por meio de ripados, deram os seguintes resultados aos 14 dias após o transplante: 1) O peso seco médio, a área foliar média e o número médio de folhas por planta aumentou com a diminuiçao do nível de luz até 50 por cento, reduzindo-se, todavia, quando o nível de luz baixou para 25 por cento. Os piores resultados foram obtidos ao sol direto. 2) A área média das folhas cresceu com a diminuiçao do nível de luz, o mesmo ocorrendo com a razao da área foliar para o peso foliar. 3) A razao de área foliar (razao da área das folhas para o peso seco total da planta) aumentou a medida que o nível de luz decresceu. A razao de peso foliar (razao do peso seco das folhas para o peso seco total da planta) variou inconsistentemente com os diversos níveis de iluminaçao. 4) A razao da parte aérea para o sistema radicular nao foi influenciada pelos níveis de luz. 5) O melhor crescimento de mudas até cinco meses de idade, medido pelo aumento de peso seco total, área foliar total e número de folhas, deu-se sob o nível de luz de 50 por cento, correspondente a "meia-sombra"

Click on an image to view it in the image viewer